Resolvendo problema de modem USB travando após conectar

4 F Y

Há algum tempo eu vinha tendo um problema com diversos modems USB no meu netbook, rodando Windows XP (original, SP3 totalmente atualizado). Isso aconteceu com o Nokia 1508i pra conectar no Giro e com dois diferentes modems para conectar ao Claro 3G: Um Huawei E156B e outro mais antigo que quebrou e não lembro mais qual era a marca nem o modelo. Teoricamente, aconteceria com qualquer tentativa de conectar à internet via USB. Conectar com o cabo de rede ou pela rede sem fio não causava o problema.

Logo após conectar, o sistema ficava travando intermitentemente, durante aproximadamente 3 minutos. A barra de tarefas (a barra azul, geralmente na parte de baixo, no Windows XP) ficava completamente travada durante todo este tempo, nenhum novo programa abria e o browser simplesmente não conseguia abrir nenhuma página (tentei o Chrome, Firefox, Internet Explorer e até o Opera…), além de ficar travando, enquanto este problemapersistia. Algum tempo depois, a máquina destravava e voltava a funcionar normalmente.

Há 3 dias, aparentemente, consegui resolver o problema depois de encontrar algumas soluções em um forum. A solução sugerida, que segui e até agora a máquina não voltou a travar depois de conectar com modems USB foi a seguinte:

  • Vá em “Iniciar”, depois “Executar”
  • Digite “services.msc”
  • Pare e desabilite os seguintes serviços:
    • Serviço auxiliar IPv6 (IPv6 Helper Service)
    • Serviço de descoberta SSDP (SSDP Discovery Service)
    • Host de dispositivo Plug and Play Universal (Universal Plug and Play Device Host)

(Para parar e desabilitar um serviço, dê um duplo clique no nome do serviço. Se o serviço não já estiver parado, você deve clicar no botão “Parar”. Depois, selecione “Desabilitado” na lista de “Tipo de Inicialização”, que atualmente deve estar em “Automático” ou “Manual”)

Procurando agora os nomes dos serviços em português para escrever este post (o meu XP está em inglês, assim como o post do forum que eu havia lido), encontrei um post no Guia do Hardware em que apenas desabilitar o Serviço Auxiliar IPv6 resolveu o problema.

Enfim, se alguém mais está/estava tendo este problema, sinta-se a vontade para contribuir nos comentários dizendo se a solução daqui funcionou, se apenas desabilitar o Serviço Auxiliar IPv6 resolveu ou qual foi o outro caminho seguido para resolver este problema que tira a paciência de qualquer um.


Wallpaper Rotator

23 F Y

Nas férias, entre o fim de dezembro e o começo de janeiro, estava eu sem nada pra fazer… Havia acabado de fazer um upgrade no meu desktop do Windows XP para o 7, e gostei da funcionalidade de trocar automaticamente o papel de parede do desktop de tempos em tempos. Eu estava com algumas fotos legais para o desktop que eu gostaria de usar em meu netbook, que roda XP e não tenho planos para migrar pro 7.

Daí, procurei algum programa que fizesse isso e não encontrei nada que atendesse minhas necessidades. Queira eu algo bem simples, que eu configurasse, deixasse rodando em background e pudesse esquecer que ele está ali. Alguns até eram simples e tal, mas comiam muita memória enquanto em background, outros eram simplesmente ruins.

Um que chegou perto do que eu queria foi um projeto no CodeProject chamado “Wallpaper Changer for .NET“. Tentei entrar em contato com Arbel Kfir, o criador do projeto, para dar continuidade (estava parado desde 2005), mas não tive sucesso. Como o código é aberto e sem licença, mantive os créditos ao autor original e o usei como base para uma nova ferramenta, que licenciei sob a GPLv2.

O código original tinha algumas gambiarras cabeludas bueirosas from hell, como um mecanismo super bizarro para disparar a troca do papel de parede usando um timer que disparava de 5 em 5 segundos para verificar se já tinha passado do tempo para trocar… Sim, o “caminho normal” seria configurar o timer para disparar no tempo certo para trocar e na ação chamar o método que realiza a troca, mas sei lá o que se passou na cabeça do cidadão (ou que problema cabeludo ele estava tendo pra entrar em desespero) e ele decidiu fazer daquela forma.

Mas enfim, melhorei consideravelmente o código, deixei a interface um pouco mais intuitiva, corrigi alguns bugs e introduzi algumas novas funcionalidades que eu precisava, como persistir a lista de imagens sem que elas tivessem que ficar na pasta do programa.

Wallpaper Rotator

Com este código melhorado, abri um projeto no CodePlex sob o nome de Wallpaper Rotator. Fiz isso só pra contribuir, deixar o código melhorado disponível e uma versão compilada também pronta para ser baixada e executada. Não tinha esperanças de que o projeto fosse ter alguma procura, principalmente porque a funcionalidade principal oferecida pelo programa já é padrão no Windows 7.

Hoje, para minha surpresa, abri o projeto e vi que ele está tendo uma procura bem interessante, chegando a um pico de 33 downloads em uma semana, tendo inclusive sido linkado por alguns blogs e repositórios de software. Me animei e voltei a trabalhar nele, corrigindo alguns bugs que havia deixado para trás e melhorando um pouco mais o código e a interface. Aproveitei e criei um instalador (com o projeto de Setup do Visual Studio foi super fácil) para facilitar para os usuários mais leigos a instalar o programa e colocá-lo automaticamente para rodar quando o sistema inicializar.

Enfim, quem ainda estiver com o XP e quiser ter esta funcionalidade do Seven, recomendo ir na página do Projeto e baixar a versão mais recente. Funciona muito bem, é bem simples e ocupa praticamente nada de memória (O programa tem 1,5MB, e ocupa entre 800KB e 2MB de RAM quando está rodando em background… consumo de processador é completamente desprezível).

Para quem quiser deixar o XP com ainda mais cara de Windows 7, eu recomendo a leitura deste post (http://bhandler.spaces.live.com/blog/cns!70f64bc910c9f7f3!5105.entry), que recomendou meu projeto como uma das ferramentas que ajuda a deixar o XP parecido com o Seven.

Dúvidas, reportar bugs, quer contribuir de alguma forma? Entre em contato comigo aqui nos comentários ou na página do projeto.


Evite vírus de Pendrive: Desabilite a Auto Reprodução

28 F Y

Os pendrives hoje são um ponto extremamente vulnerável na segurança de seu computador, por um simples motivo: Auto Reprodução, Autorun, como preferir. Reconheço a utilidade do recurso para usuários iniciantes, que ficariam perdidos se para executar a instalação de um programa que veio em CD tivessem que ir em Iniciar, Executar, Procurar e entender que o instalador é um programinha chamado Setup.exe… mas nunca gostei. Na verdade, pelos tempos do Windows 98, eu já tinha uma coleção de CDs um pouco antigos, e alguns deles não funcionavam bem em minha super-mega-ultra rápida leitora de 8x genérica… acabei tendo que desabilitar o autorun naquela época por causa destes cds que davam pau assim que eram colocados, e até hoje não voltei a usar o recurso.

O ponto é que hoje é uma questão de segurança desabilitar o autorun em sua máquina. Você nem sempre tem autorização para fazer isso no computador do(a) (lanhouse | faculdade | trabalho | seu parente), e depois de botar seu pendrive numa destas máquinas, é BEM arriscado colocar de novo na sua… Os vírus de pendrive se aproveitam da Auto Reprodução para infectarem a máquina assim que são colocados, e uma vez na máquina, irá infectar os outros pendrives colocados posteriormente. Desabilitando o autorun, você NÃO evita que seu pendrive pegue vírus, mas EVITA que seu computador pegue quando você botar seu pendrive infectado. (Devemos sempre lembrar que mesmo mantendo os antivirus atualizados, sempre é possível que algum vírus consiga passar por ele, então, desabilitar o autorun é uma boa prática mesmo pra quem usa o super-mega-ultra ultimo antivirus lançado totalmente atualizado).

Os passos para desabilitar o recurso de Auto Reprodução varia de versão para versão do Windows. Seguem as instruções para cada uma delas:

Windows XP (se não funcionar no seu Windows XP, siga as instruções que estão depois destas), Windows Vista Business e Windows Vista Ultimate (Mais abaixo existem passos mais simples para o Vista, mas o método a seguir desabilita para todos os usuários da máquina):

  • Clique em Iniciar;
  • Clique em Executar;
  • Digite “gpedit.msc” (sem as aspas) e pressione Enter;
  • No lado esquerdo, existem vários itens, sendo o primeiro “Diretiva Computador Local”. Clique no “+” ao lado do primeiro item chamado “Modelos Administrativos” (o que está como item de Configuração do computador);
  • Clique no item “Sistema” (na palavra, não no “+”) que apareceu após o passo anterior;
  • No lado direito, procure por uma linha que diz “Desativar AutoExecutar”, e dê dois cliques nela;
  • Clique em Ativado;
  • Mude de “Unidades de CD-ROM” para “Todas as Unidades” na lista que está logo abaixo do “Ativado”;
  • Clique em OK.

A imagem abaixo mostra os locais mais importantes para este método:

 

Desabilitar AutoRun no Windows XP

Desabilitar AutoRun no Windows XP

 

 

Windows XP em que os passos acima não funcionarem:

  • Você vai ter que mexer no registro. Se não se sente a vontade em fazer isso, NÃO PROSSIGA. Não me responsabilizo por qualquer problema causado pelas instruções abaixo!
  • Clique em Iniciar;
  • Clique em Executar;
  • Digite “regedit” (sem as aspas) e pressione Enter;
  • Siga na árvore da seguinte maneira:
  • HKEY_LOCAL_MACHINE -> System -> CurrentControlSet -> Services -> USBSTOR
  • Se neste item, ao lado direito não existir um Valor chamado “AutoRun”, clique com o botão direito no espaço em branco do lado direito da tela, clique em “Novo”, “Valor DWORD”, e digite “AutoRun” sem as aspas
  • Se o valor não estiver 0 (zero), dê um duplo clique e mude para 0.
  • Feche o Editor do Registro.
  • ATENÇÃO: Não garanto que este procedimento funcione, e não me responsabilizo por nenhum mau funcionamento posterior. Se não se sente seguro para mudar o registro, não mude!

Windows Vista Home Basic, Windows Vista Home Premium:

  • Clique em Iniciar;
  • Clique em Painel de Controle;
  • Clique em Hardware e Sons;
  • Clique em Reproduzir CDs ou outra mídia automaticamente;
  • Aqui, você pode simplesmente desmarcar a caixinha ao lado de “Usar Reprodução Automática em todas as mídias e dispositivos” ou desabilitar apenas no tipo de mídia que você deseja, selecionando e deselecionando as caixas que estão na lista;
  • Clique em Salvar.

Só um último lembrete: Se você suspeita seu computador (ou apenas seu pendrive) foi infectado por algum vírus de pendrive, existe um utilitário extremamente simples e pequeno que pode ser usado, tanto para limpar o computador como o pendrive, chamado PenClean (Lembre-se, ele funciona apenas para os vírus que se aproveitam da Reprodução Automática do pendrive, não é um anti-virus propriamente dito). De acordo com o site do programa, ele é apenas para Windows XP. Clique aqui para ir para a página com mais informações e o download do programa. Eu particularmente deixo-o no desktop, e toda vez q espeto algum pendrive na máquina, executo o PenClean para verificar e limpar caso haja algum problema.

Bem, por hoje é isso. Até a próxima!