Alterando a ordem do build manualmente no Visual Studio 2010

5 F Y

O Visual Studio organiza automaticamente, baseando-se nas dependências de cada projeto, a ordem de build dos projetos em uma solução. Desta forma, se o projeto B usa algo do projeto A, o projeto A será “buildado” primeiro, para quando for a vez do projeto B, suas dependências estejam compiladas e este consiga passar com sucesso pelo build.

Em algumas (raras) situações, no entanto, esse ordenamento automático pode não funcionar da maneira esperada. Ele só é configurado com base nas dependências que estão explicitamente definidas no projeto, o que na maioria das vezes será suficiente para inferir a ordem correta. Existem casos, como em alguns projetos de teste ou alguns outros tipos, em que um projeto precisa que outro já esteja buildado, mesmo que não tenha dependência de código diretamente.

Ainda nestas poucas situações, geralmente estes projetos não sofrem alterações constantemente, então, o mais recomendado é desativar o build automático e efetuar o build manualmente apenas quando houver alguma alteração nestes projetos. Desativar o build automático é simples:

Abra o Configuration Manager, e desmarque os projetos que você não deseja que sejam buildados automaticamente. Para efetuar o build manual em cada projeto depois, é só clicar com o botão direito no projeto na Solution Explorer e mandar Buildar.

Se este projeto que está fora de ordem no build tem o código alterado várias vezes, ou se ele depende de algum outro projeto para ser buildado, inviabilizando o build manual, ou se você realmente não quer dar build manual, você pode alterar manualmente a Build Order no Visual Studio.

Para alterar a ordem de build dos projetos, basta clicar com o botão direito na solução no Solution Explorer, e selecionar “Project Build Order” ou em “Project Dependencies”

Na tela que será mostrada, clique na aba “Dependencies” inclua as dependências necessárias entre os projetos, para que a ordem que você verá na aba “Build Order” seja a que você precisa. Confirme as mudanças, e a ordem de build de sua solução estará alterada.

Anúncios

Microsoft Student Partner – Agora eu sou um deles!

27 F Y

Opa pessoal… depois da Imagine Cup deste ano, as coisas esquentaram e acabei deixando o blog um pouco de lado, mas agora voltei. Não podia ter um post melhor para escrever do que este, afinal, ontem saiu o resultado da seleção do programa Microsoft Student Partners, e junto com meu sócio Lucas Mello e meu amigo do CIn Bruno Inojosa, fui selecionado para também ser um estudante parceiro Microsoft.

Mas o que é isso? O programa Microsoft Student Partners é uma iniciativa da Microsoft para aproximar-se da comunidade acadêmica. Os estudantes escolhidos no processo de seleção recebem diversos benefícios e são estimulados a estudar novas tecnologias, tendo inclusive acesso a produtos que ainda serão lançados no mercado. A Microsoft também aumenta a visibilidade destes estudantes na área acadêmica, e com o suporte do nome do programa, fica mais fácil organizar e ministrar palestras sobre tecnologia em universidades e faculdades.

Pessoalmente, considero que o maior objetivo de um MSP é difundir o conhecimento. Seja ao participar das ações da comunidade, seja compartilhando seus conhecimentos em palestras, ou mesmo ao disputar competições de tecnologia, onde suas idéias e resultados poderão servir de semente para que o pessoal mais novo se inspire e tente também criar e compartilhar.

E o que eu ganho com isso? É bom lembrar que o programa MSP não é estágio e não remunera financeiramente seus membros. Entre os vários benefícios concedidos aos MSPs (que podem ser conferidos neste link), considero que o mais importante mesmo sejam as oportunidades de aprender e estar por dentro das mais novas tecnologias. Além disso, fico muito feliz de ter o trabalho que realizei até agora reconhecido por um nome de peso como a Microsoft, e espero poder contribuir para que a comunidade cresça.

Para saber mais sobre o programa Microsoft Student Partner, visite: http://www.studentpartners.com.br


Proativa vai para a Polônia!!! Campeões nacionais da Imagine Cup 2010

26 F Y

Pessoal, hoje, depois de muito tempo de trabalho, e de apresentar o Pro@Edu pela manhã, nós do Proativa Team conseguimos ser campeões nacionais da categoria de Software Design na Imagine Cup 2010, o que nos leva automaticamente para as finais mundiais que acontecerão na Polônia entre os dias 3 e 8 de julho.

A cerimônia de premiação foi muito bem feita, e as atrações culturais, muito  bem escolhidas. A menina Crystal do Espirito Santo foi impressionante, demonstrando toda a sua habilidade com o piano. A Orquestra dos Meninos do Coque foi espetacular, dando gosto de aplaudir de pé.

As personalidades que discursaram durante a cerimônia também falaram bem, a maioria delas se preocupando com o nervosismo dos competidores em conhecer o resultado da competição.

Proativa com Governador, secretários e Luis Pinto

Proativa com Governador, secretários e Luis Pinto

Depois de muita comemoração no palco, fomos para o Palácio do Campo das Princesas, onde nos encontramos novamente com o Governador Eduardo Campos, que nos desejou boa sorte e reafirmou sua torcida pela equipe.


Proativa Team na Final Nacional de Software Design da Imagine Cup 2010!!!

10 F Y

É com uma grande felicidade que informo que o Proativa Team foi classificado para as finais nacionais da categoria de Software Design (aka Projeto de Software) da Imagine Cup 2010!

As finais ocorrerão no final de maio, aqui mesmo em Recife/PE, e o vencedor estará classificado para a fase mundial, na Polônia.

Agora é se preparar ainda mais para tentar avançar na competição!


Prêmio Nacional da Interoperabilidade

30 F Y

Depois do sucesso do Desafio de Interoperabilidade proposto pela Microsoft aqui na Campus Party 2010, gostaria de lembrar vocês sobre o Prêmio Nacional da Interoperabilidade.

Esta competição realizada pelo Senai com apoio da Microsoft, tem como objetivo difundir as possibilidades de interoperabilidade de sistemas e ferramentas da Microsoft com as ferramentas e sistemas providos por outras empresas ou pessoas.

O Prêmio é focado em estudantes, e será tipo uma prévia da Imagine Cup, nos moldes do XNA Challenge, mas focado na categoria de Interoperabilidade. O tema, as 8 metas do milênio, é o mesmo da competição mundial. O vencedor NÃO está automaticamente classificado para a Imagine Cup, mas a competição é de grande ajuda para validar a idéia e conseguir aprimorar o projeto antes de submeter para a Imagine Cup.

A premiação também é muito interessante, um netbook por membro da equipe, mas em comparação com a experiência e conhecimentos adquiridos durante a realização do projeto, não é nada. Vale realmente muito a pena participar, principalmente se você tem como objetivo participar e ganhar de uma Imagine Cup.

Pra quem não sabe, atualmente, o Brasil é o campeão mundial da categoria Interoperability Award da Imagine Cup. Em 2009, eu e meus amigos da Proativa levamos o ProLearning para o Egito e ganhamos. Não podemos participar este ano por causa disso mas queremos que o Brasil mantenha o título. Uma iniciativa como esta ajuda muito a preparar o pessoal, não perca essa chance!

Por último, fazendo propaganda… Não posso participar como competidor, mas posso ser mentor de qualquer equipe nesta categoria. Se você tiver alguma idéia, entre em contato comigo para podermos trabalhar juntos e tentar levar sua idéia para o Prêmio de Interoperabilidade e posteriormente para a Imagine Cup 2010, na Polônia!


Atenção Campuseiros: Desafio de Interoperabilidade – Concorra a um Netbook Asus Eee-PC

26 F Y

Esta é pra quem está na Campus Party 2010. A Microsoft está propondo um desafio para vocês: Uma competição relâmpago, em que os campuseiros devem projetar um sistema que permita a interoperabilidade entre diversas ferramentas.

O tema da competição é: “O que você consegue fazer de mais criativo, integrando o Windows com outro Software?”. O regulamento completo está compartilhado no SkyDrive, basta seguir o link: https://cid-0009bc1640dc81c8.groups.skydrive.live.com/self.aspx/.Documents/Regulamento%20Desafio%20Interop/regulamento%5E_desafio%5E_interop.pdf

Eu e Lucas participaremos da avaliação dos projetos. Devido ao pouco tempo disponível, uma implementação completa não é obrigatória, mas um pouco de código ilustrando minimamente o objetivo de seu projeto é um diferencial. O mínimo para participar é responder as perguntas de 1 a 5 deste documento. Perceba que este documento é o mesmo documento do I Premio Nacional de Interoperabilidade, logo, participando deste desafio você já está se preparando para esta outra competição!

Se você estiver interessado em participar e precisar de ajuda, orientação ou só conversar pra discutir a idéia, deixe um comentário neste post ou procure por mim ou por Lucas na CP. Também pode falar com os MSPs que estão na feira. Se eles não souberem ajudar, vão saber onde nós estamos 😉

Tentem, vale a pena, e ainda serve como aquecimento para uma competição maior, o I Prêmio Nacional de Interoperabilidade. Vale lembrar que ontem a Microsoft confirmou a presença da categoria Interoperability Award na Imagine Cup 2010, logo, seu trabalho também vai ser uma preparação para esta competição incrível. Além de tudo, o prêmio, um netbook, não é de se deixar escapar fácil!

Para maiores informações da competição, se cadastre no grupo da Live feito para os campuseiros.


Campus Party 2010, aí vou eu!

24 F Y

Post rápido e pequeno… Só pra avisar que estarei na Campus Party esse ano, a convite do pessoal da Microsoft, pra participar da apresentação de Interoperabilidade mostrando, junto com Lucas, o ProLearning, que pra quem não sabe, é o projeto que levamos para a Imagine Cup 2009 e ganhamos na categoria de Interoperabilidade.