Embratel Giro – O fim da saga

22 F Y

O pessoal que acompanhou os posts narrando meu primeiro mês usando o Giro, da Embratel (partes da “saga”: 1, 2 e 3), criou um conteúdo que ultrapassou, e muito, as poucas e breves informações que fui capaz de escrever nos posts propriamente ditos. Até agora, já foram 609 comentários nos três posts que escrevi sobre minhas experiências com o Giro, a maioria muito útil e que deve ter ajudado muitas pessoas, que viram os posts num total de quase 22 mil vezes.

Como alguns devem ter percebido, parei de comentar há alguns meses nos posts do Giro. O principal motivo disso foi que cancelei o serviço há cerca de dois meses, e já não vinha usando praticamente desde novembro do ano passado.

Desde o começo, o serviço sempre teve seus pequenos problemas, mas estes foram piorando consideravelmente. No início, era tolerável devido ao preço, e que apesar da lentidão e do nosso famoso “modo inativo”, o custo-benfício ainda era positivo.

Desde setembro de 2009 no entanto, no lugar onde moro (Cidade Universitária, Recife/PE), eu praticamente não conseguia nem conectar, principalmente durante a semana. Quando conectava, ficava a conexão “morta”, sem conseguir fazer nada. Tentei de tudo, troquei os servidores de DNS, botava o telefone em locais mais abertos, fiz promessa pra Santo Expedito, mas nada deu jeito. Como durante o fim de semana ainda vinha funcionando, continuei com o Giro, mas já procurando por alternativas.

Os fatores para eu cancelar de vez o Giro, além da baixa qualidade que o serviço vinha oferecendo nos últimos meses, foram dois: Primeiro, meu telefone (um Nokia 1508i) levou uma queda. Apesar de continuar funcionando, o visor quebrou e não consigo ver nada. Consegui um aparelho idêntico, que minha mãe tinha parado após ter cancelado seu Livre, mas não consegui transferir devido à burocracia imposta pela Embratel para realizar esta transferência. O segundo e decisivo fator foi que ao voltar das férias, o pessoal do local onde moro estava dividindo uma conexão de 8MB do Velox (obrigado por vir pra Recife e gerar concorrência, GVT 😉 ), num preço bem camarada por cabeça, e decidi entrar no bolo…Hoje estou pagando menos do que pagava no Giro e mesmo nos seus piores momentos, a conexão ainda está melhor do que os meus “melhores momentos” com o Giro.

Hoje, pelo menos para quem está no Recife, posso dizer que não recomendo o Giro. Algumas pessoas de outros lugares, como Manaus por exemplo, vem tendo boas experiências com o serviço. Quem está na dúvida, recomendo MUITO a leitura dos comentários dos outros posts, que relatam bem a experiência das pessoas com o Giro da Embratel em várias cidades do Brasil.

A saga completa:

Embratel Giro – Primeiras Impressões – Parte 1 (a escolha)

Embratel Giro – Primeiras Impressões – Parte 2 (As primeiras 24 horas)

Embratel Giro – Primeiras Impressões – parte 3 (O primeiro mês)

Anúncios

Como usar o Google Webmaster Tools no seu blog WordPress.com

20 F Y

Essa é pra quem hospeda blog aqui no WordPress.com e quer usar ferramentas como o Google Webmaster Tools, o Yahoo! Site Explorer ou o Bing Webmaster Center.

Todos estes serviços necessitam verificar que você realmente tem controle sobre o endereço para o qual você quer ver os dados. Para isso, eles geralmente oferecem várias opções, como colocar uma tag META no cabeçalho das páginas, enviar um arquivo .html específico para o servidor ou mesmo fazer alterações na configuração de DNS do domínio.

Quem tem blog hospedado no WordPress.com, “sabe” que nenhuma destas alternativas é viável. Algum tempo atrás, existia uma “maneira alternativa” (aka gambiarra) de usar o método de enviar o arquivo html. Felizmente, o pessoal da Automattic (os criadores do WordPress e mantenedores do WordPress.com) criou uma solução pronta, sem gambiarras, para permitir o uso das ferramentas para webmasters em blogs do WordPress.com.

Clique para ver o local exato onde você deve clicar para configurar seu blog para usar o Google Webmaster Tools, o Yahoo! Site Explorer ou o Bing Webmaster Center.

É uma questão simples de configuração. Basta, no seu Painel (Dashboard), clicar em Ferramentas. Daí, no fim da página, vão estar os campos para você colocar o conteúdo da tag META fornecida pela ferramenta de sua preferência (no meu caso, o Google Webmaster Tools). Mande “Guardar Alterações”, e já pode mandar verificar seu site na sua ferramenta escolhida.


Download 102% Completo

16 F Y

Mais uma bizarrice:

Download 102% completo

Download 102% completo

Baixando o conector/driver de MySql para .NET compatível com Entity Framework, usando o Free Download Manager, me deparei com isso. Pra quem chegou aqui procurando pelo driver, segue o link: http://www.mysql.com/downloads/connector/net.

PS: O arquivo chegou certinho e instalou o conector sem problemas 😉


Promoção TIM Brasil Infinity – Torça mais ainda para o Brasil ganhar a Copa

13 F Y

Jogo rápido: Recebi uma mensagem em meu TIM hoje divulgando a nova Promoção Brasil Infinity. O esquema é o seguinte: Por R$ 4,90 (Pós-Pago) ou R$ 9,90 (Pré-Pago), você entra na promoção Infinity, de pagar apenas o primeiro minuto de cada ligação (para outros telefones TIM), por R$ 0,25 centavos, durante 3 meses. A Infinity em geral já é uma promoção muito boa, principalmente se você precisa falar muito em ligações DDD.

Apesar da Imagem ser da Brasil Infinity Pós, também tem a opção pra quem é Pré-Pago

Apesar da imagem ser da Brasil Infinity Pós, a promoção também está disponível para quem é Pré-Pago, só muda o valor de adesão.

A maior vantagem desta nova promoção é: Se o Brasil ganhar a Copa do Mundo, a TIM vai estender a promoção até 31/07/2014. É uma boa aposta a se fazer, e virtualmente “de graça” pra quem ainda não está com alguma outra “versão” da Infinity, pois o preço é praticamente idêntico ao que se pagaria por mês para aderir à Infinity por um ano.

Hoje mesmo eu vou botar crédito, entrar na promoção e ter mais um (ótimo…) motivo pra torcer pela Seleção!

PS: O site da promoção do Pré-Pago diz que existe também uma “versão” para aderir por um ano, por R$ 14,90, nesta promoção. Se o Brasil ganhar a Copa no entanto, não tem vantagem nenhuma. Se você acredita na seleção, entra na de 3 meses, se tem maiores dúvidas, entra na de um ano 😉


Resolvendo problema de modem USB travando após conectar

4 F Y

Há algum tempo eu vinha tendo um problema com diversos modems USB no meu netbook, rodando Windows XP (original, SP3 totalmente atualizado). Isso aconteceu com o Nokia 1508i pra conectar no Giro e com dois diferentes modems para conectar ao Claro 3G: Um Huawei E156B e outro mais antigo que quebrou e não lembro mais qual era a marca nem o modelo. Teoricamente, aconteceria com qualquer tentativa de conectar à internet via USB. Conectar com o cabo de rede ou pela rede sem fio não causava o problema.

Logo após conectar, o sistema ficava travando intermitentemente, durante aproximadamente 3 minutos. A barra de tarefas (a barra azul, geralmente na parte de baixo, no Windows XP) ficava completamente travada durante todo este tempo, nenhum novo programa abria e o browser simplesmente não conseguia abrir nenhuma página (tentei o Chrome, Firefox, Internet Explorer e até o Opera…), além de ficar travando, enquanto este problemapersistia. Algum tempo depois, a máquina destravava e voltava a funcionar normalmente.

Há 3 dias, aparentemente, consegui resolver o problema depois de encontrar algumas soluções em um forum. A solução sugerida, que segui e até agora a máquina não voltou a travar depois de conectar com modems USB foi a seguinte:

  • Vá em “Iniciar”, depois “Executar”
  • Digite “services.msc”
  • Pare e desabilite os seguintes serviços:
    • Serviço auxiliar IPv6 (IPv6 Helper Service)
    • Serviço de descoberta SSDP (SSDP Discovery Service)
    • Host de dispositivo Plug and Play Universal (Universal Plug and Play Device Host)

(Para parar e desabilitar um serviço, dê um duplo clique no nome do serviço. Se o serviço não já estiver parado, você deve clicar no botão “Parar”. Depois, selecione “Desabilitado” na lista de “Tipo de Inicialização”, que atualmente deve estar em “Automático” ou “Manual”)

Procurando agora os nomes dos serviços em português para escrever este post (o meu XP está em inglês, assim como o post do forum que eu havia lido), encontrei um post no Guia do Hardware em que apenas desabilitar o Serviço Auxiliar IPv6 resolveu o problema.

Enfim, se alguém mais está/estava tendo este problema, sinta-se a vontade para contribuir nos comentários dizendo se a solução daqui funcionou, se apenas desabilitar o Serviço Auxiliar IPv6 resolveu ou qual foi o outro caminho seguido para resolver este problema que tira a paciência de qualquer um.