Imagine Cup 2009 – 05/07 e 06/07 – Só na Folia

Depois de apresentar o ProLearning, veio a hora de relaxar… MENTIRA! hehehe… a programação era bem pesada, mesmo para quem não estava mais apresentando. Nossa competição havia acabado já, mas ainda existiam várias outras categorias com equipes brasileiras em que a competição seguia, e nós iamos torcer de alguma maneira. Mas isso é muito maia light do que ficar treinando e melhorando apresentação…

Prato principal. Ao fundo, o Nilo e Cairo vistos beeem de cima.

Nestes dois dias aconteceram a maior parte dos passeios. No fim do dia 4, fomos a um restaurante que se não me engano, é o ponto mais alto no Cairo, e fica às margens do Nilo. As paredes são transparentes, e o salão fica girando… leva aproximadamente duas horas para o salão dar uma volta completa. A vista é impressionante, e o restaurante em si é lindo.

Lembranças no mercado. Observem as estátuas que estão na parte de baixo...

No dia 5, fomos levados ao mercado, onde compramos a maior parte das lembranças pro pessoal que ficou no Brasil. É necessário praticar bem a pechincha… para ser delicado, digamos que boa parte dos vendedores egipcios quer se aproveitar do turista o máximo possível. O preço inicial que eles dão é um absurdo… mesmo que você ache que o preço está bom, divida por 5… eles vão chorar um pouco, mas no final vão te vender pelo teu valor… Acho que um turista no Brasil também deve sofrer com esse tipo de problema. O impressionante é que a maioria dos vendedores do mercado fala bem inglês E espanhol… e entendiam razoavelmente português, visto que quando alguém começava a conversar sobre o preço em português, não era raro o vendedor interferir na conversa em espanhol, baixando o preço um pouco mais ou explicando algo tentando te impressionar sobre o produto…

No barco sobre o Nilo. Essa foi a dançarina que me puxou pra dançar.

Nosso jantar foi novamente no Nilo, mas desta vez, sobre ele! Um barco em que o jantar era servido enquanto este navegava pelo rio. Durante o passeio, também aconteciam apresentações artísticas. Acabei tendo o prazer de participar de uma delas. Como já havia algum tempo que eu não descansava, durante a apresentação de dança do ventre eu estava visivelmente com sono, cansado mesmo… e estava na primeira fila. A dançarina, vendo minha posição, decidiu me “animar”… Me puxou pra dançar lá na frente… hehehe, foi uma resenha, e gerou vários vídeos e fotos 🙂

Tirei essa foto andando de camelo!

Dia 06, veio o passeio mais esperado da viagem… Conhecer as pirâmides. O lugar é espetacular. É incrivel ver aquilo tudo que você estudou quando era mais novo ali, na sua frente… Ver milhares de anos de história ao seu alcance. Imaginar aqueles monumentos durante sua construção, e logo após a conclusão, antes da ação do tempo (e em alguns casos, do homem) impor mudanças nas estruturas. Tivemos a oportunidade de ver Quéops, Quéfrem e Miquerinos muito, muito de perto mesmo. Fizemos um passeio de camelo, foi bem legal! Finalmente, entramos na pirâmide de Quéfrem. Algumas pessoas não gostaram muito do interior da pirâmide. Eu adorei. Na verdade, não há nada de bonito dentro dela. Você anda por um corredor apertado (tanto pra cima como pros lados), subindo e descendo num calor infernal, até chegar na câmara construida para abrigar o sarcófago de Quéfrem. O que eu realmente gostei foi de imaginar aquele lugar no momento em que o sarcofago estava sendo levado para lá, com todos os tesouros. Saber que isto tudo realmente aconteceu, exatamente naquele lugar, foi uma experiência incrível, viajei mesmo quando estava lá dentro.

Depois das pirâmides, e de passarmos em um lugar que fabricava e vendia papiros, almoçamos em um restaurante às margens do Nilo, uma das melhores refeições que tivemos no Cairo. Tinha até um bolinho bem parecido com o nosso acarajé! No final deste almoço, nós da Proativa demos uma entrevista pro pessoal da Record que nos acompanhou. Esta entrevista foi bem interessante, na sacada do restaurante, com o Nilo no fundo, num clima bem descontraído! Do almoço, fomos o para o museu, onde pudemos ver vários artefatos antigos que contam muito bem a história do Egito. O museu é realmente muito interessante, vale a pena ir se você for no Cairo!

Acham que acabou? Não… neste dia o Bradesco se garantiu ainda mais. Pra quem ainda não sabe, o Bradesco foi patrocinador mundial da Imagine Cup esse ano. Nos ajudaram muito, muito mesmo, pois conseguiram uma sala bem equipada para as equipes brasileiras praticarem as apresentações, além dos conselhos que o pessoal que eles levaram ter sido essencial para várias de nossas equipes terem bons resultados. Antes mesmo da viagem, o curso de técnicas de apresentação já tinha participação deles em parceria com a MS Brasil. Mas além desta parte mais séria da competição, eles promoveram boa parte dos passeios para a equipe brasileira que eu falei neste post.

Na saída do Hard Rock

E o último passeio do dia 6 foi uma ida ao Hard Rock Cafe Cairo. Lugar bonito, comida boa, drinks liberados e uma pista de dança… Tudo o que nós estavamos precisando para relaxar de vez! Foi uma ótima noite, fechando com chave de ouro um dia incrível!

Anúncios

2 Responses to Imagine Cup 2009 – 05/07 e 06/07 – Só na Folia

  1. Wonderfully said but I wish the article mentioned that he pretty much dodged Vietnam and made a lot of his living off of casinos. Not very decent things either.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: